31 dezembro 2014

Só peço isto


Um emprego
Saúdinha da boa
Borboletas na barriga
Sapatilhas nos pés
E muuuuita bonecada! :D

Andar novo

Após 2 semanas doente, em que não pus os calcantes nem no ginásio nem no estúdio de dança, 2ª feira voltei ao ballet para 2h30 de intenso exercício. 

Digo-vos uma coisa, quem hoje se cruzou comigo na rua deve ter pensado que eu tenho alguma espécie de paralisia, tal são as dores que tenho nas pernas (não consigo dobrar os joelhos nem assentar as pontas dos pés no chão). Isso ou que tenho um andar novo... 


29 dezembro 2014

Há lá amores maiores que os meus? :)


Ufa, ufa, que já passou!


E contei com 2 constipações, 1 intoxicação alimentar e 1 crise de cólicas (gases, vá...). Juntando isto tudo conseguimos um Natal relativamente quente, com algumas prendas e poucos doces/salgados/porcarias porque as tripas não mo permitiram. Sempre deu para manter a linha!

Nem tudo é mau, como vêem! :D

24 dezembro 2014

19 dezembro 2014

3 meses depois...

Quase 3 meses depois de ter sido despedida dispensada, olho para trás e percebo que foi, provavelmente, o melhor que me podia ter acontecido. A pós-graduação tem servido para me abrir novos horizontes e introduziu-me num universo onde nunca pensei perder-me. 

Na última entrevista a que fui perguntaram-me o que gostava de fazer no futuro, o que me imaginava a fazer com gosto para o resto da vida. Nunca tinha pensado muito nisso, sempre quis trabalhar e pronto. Mas agora descobri finalmente aquilo a que não me importava de dedicar 8 horas, 5 dias por semana (ou até mais), durante todos os dias da minha vida. Ilustração. A resposta é ilustração infantil. Estou completamente rendida, absorvida, viciada... É um mundo quase sem regras, onde tudo é possível e a palavra de ordem é quebrar as regras chatas da mente chata e fechada dos adultos. 

Sempre me considerei criançola. Responsável, claro, mas uma criança grande, e é bom poder finalmente soltar a imaginação sem limites. 

Por agora perco-me nos livros e nas cores... :)


16 dezembro 2014

Ó Ana, que tens feito?

Muñecos, muitos muñecos! Para oferecer em postais, em canecas, ou apenas porque sim, porque é divertido! :D


12 dezembro 2014

Insólitos

Hoje, quando saí de casa, estavam uns míseros oito grauzinhos. Levei 3 camadas de roupa, botas peludas, cachecol grosso, gorro e casacão. Mesmo assim senti frio. Nisto passou por mim um homem de chinelos. Sim, SEM meias!

Juro-vos que me fez tanta impressão que até se me arrepiaram os mamilos!

09 dezembro 2014

A caminho do Natal

Cá por casa há séculos que não fazemos árvore de Natal. Temos uma certa incompatibilidade chamada GATOS. Portanto tudo se resume a uma mesinha de canto com uma toalha natalícia, que serve para arrear todos os presentes em cima.

As prendas já estão compradas; despachei tudo no Domingo, que não tenho cá pachorra para guardar tudo para dia 24. Faltam só duas ou três, que pretendo ser eu a fazer.

E pronto, está tudo a postos. Até os tarecos já estão "in the mood".




08 dezembro 2014

O dia em que me fanaram o carrinho de supermercado

Quando penso que já vi de tudo, pimbas, lá aparece qualquer coisa para me surpreender. Porque já me roubaram muita coisa, mas sempre tomei como garantido o meu carrinho de supermercado a abarrotar de coisas. Quer dizer, quem é que se interessa por um carro cheio de iogurtes, fruta e pensos higiénicos? Pois é, meus amigos, mas isto é verídico! Distraí-me um pouco na secção dos livros e quando dei por ele... Cadê o carro? Puff, evaporou-se! Andei 15 minutos para baixo e para cima, em desespero, já a dizer mal da minha vida e a pensar que tinha de ir buscar tudo outra vez, quando o encontrei, sozinho e abandonado na secção dos brinquedos, com os congelados a derreter e a pingar para o chão.

Agora a sério, pessoas, se algum dia perceberem que pegaram num carrinho que não é o vosso, por engano, por favor voltem a pô-lo onde estava. Ou pelo menos relativamente perto da zona. Ou no corredor central, vá!